Sábado, 19 de Dezembro de 2009

Corre em blogs e por e-mail, com todo o meu apoio. Há que encosta-los à parede:

 

A quem possa interessar, sugere-se que escreva ao Sr. D. José Policarpo um email para o endereço gab.patriarca@patriarcado-lisboa.pt solicitando público esclarecimento da notícia recentemente saída:


Assunto: pedido de confirmação ou desmentido da notícia do jornal 'i'


Eminência,


Em face da notícia publicada por um jornal* e tendo presente que todos somos Igreja, vimos solicitar respeitosamente:


1. Confirmação ou público desmentido da notícia publicada pelo jornal i: o Bispo de Lisboa tem contactos privados com José Sócrates? É chamado a S. Bento e comparece?


2. Declaração de que não foi nem será solicitado ao Governo qualquer apoio financeiro para a construção da nova Igreja do Restelo - ou então, a existir, de que esse apoio não estaria condicionado à "não-beligerância" da Igreja na questão do casamento homossexual;


3. Informação aos fiéis de quando e onde foi pela Conferência Episcopal Portuguesa decidido que, na questão do referendo ao casamento homossexual, a igreja se absterá de sair à rua.


4. Explicitação da situação em que falava ao prometer que a Igreja Portuguesa não sairia á rua: tinha mandato da Conferência Episcopal Portuguesa ou falava em nome do Vaticano?


Saudações natalícias,
(nome)


------------------------------
-----
* edição online do jornal 'i' -
http://www.ionline.pt/conteudo/38003-socrates-tranquilo-cardeal-recusa-guerra-santa-ao-casamento-gay

«O cardeal-patriarca de Lisboa, D. José Policarpo, garantiu a José Sócrates que a decisão do governo não provocará nenhuma guerra santa, soube o i. A Igreja continuará a repetir a sua doutrina sobre o assunto mas não sairá à rua. José Sócrates e D. José Policarpo têm encontros que não são públicos: o primeiro-ministro recebeu o cardeal na residência oficial antes de anunciar o novo governo, mas o encontro não constava da agenda. Aquela que era para ser uma reunião discreta foi descoberta pelas televisões que estavam à porta da residência oficial do primeiro-ministro na tentativa de ficar a saber quais as personalidades com quem se reunia antes da formação do governo. Dias mais tarde, D. José Policarpo garantia que a formação do governo não fez parte dos temas da conversa com o primeiro-ministro.»



publicado por Afonso Miguel às 00:08 | link do post | comentar

3 comentários:
De Rien a 19 de Dezembro de 2009 às 02:47
Isto é de fácil resposta:

4 - Falava por ele, que é como quem diz, toda a Igreja portuguesa.

3 - A Conferência não manda nos bispos. Nem oficialmente. Nem oficiosamente, que os ditos ainda fazem coisas piores.

2 - Com um maçon como o Troufa, é difícil não haver apoio estatal.

1 - Esta então, nem era necessária. Quem não se lembra de D. José Policarpo a sair de São Bento em vésperas do anúncio da nova composição governamental (logo depois - ou antes - de Vieira da Silva)?

Ainda os meus amigos perdem tempo com estas coisas. Como diz o povo, fia-te na virgem e não corras...


De Afonso Miguel a 19 de Dezembro de 2009 às 03:51
São perguntas que trazem a resposta quase dada, de facto. Mas é essa a intenção.

Cumpts.


De Zorro a 22 de Dezembro de 2009 às 18:51
D. José Policarpo nega «pacto» com José Sócrates 
 
http://www.agencia.ecclesia.pt/cgi-bin/noticia.pl?id=76889 (http://www.agencia.ecclesia.pt/cgi-bin/noticia.pl?id=76889) 
 
Se Sócrates havia chamado o Sr. Cardeal Patriarca para falarem de assuntos actuais pertinentes, só me parecem viáveis duas situações: ou era de facto para "pedir ajuda" à Igreja ou apenas para se confessar das suas faltas... 
Não ficou muito bem explicado porque Sócrates chamou Sua Eminência. 
Resta agora os jornaleiros fazerem o seu trabalho fazendo a pergunta a Sócrates: Porque chamou o Sr. Cardeal? 
A Bem da Nação!


Comentar post

escudo_ASC
facebook-button twitter-button
Posts recentes

!

comentários recentes
Afonso Miguel não desista! Muita força para contin...
Filhos de Ramires não desistem.
O que faz o Afonso Miguel aí? Faz o que fazem as t...
A propósito de "trendy"...http://www.youtube.com/w...
Reduzir a despesa do Estado - as famosas gorduras ...
As Missas ordinárias que passam na TV são bem o es...
Estas Missas televisionadas de Domingo são um autê...
Ora nem mais. Adivinhaste o meu pensamento. É exac...
E os fiéis em palhaços de circo... Pobre senhora.
Está a ser uma excelente leitura. Aguado o outro. ...
arquivos
Tags

aborto(1)

arquitectura(7)

bento xvi em portugal(19)

filosofia(23)

fsspx - roma(29)

geral(80)

história(69)

liturgia(165)

maçonaria(36)

monarquia(68)

música(13)

planeta dos macacos(44)

política(307)

religião(468)

todas as tags

blogs SAPO
RSS