Quarta-feira, 4 de Novembro de 2009

Este texto, a circular pela blogosfera, é só mais uma prova de como um qualquer aluno do 11º ano está preparado para reflectir sobre o mundo moderno como ele é, não sobre como devia ser. Fica um excerto:

 

(...) Ser português, hoje em dia, é como ser habitante de qualquer outro país desenvolvido. Claro que se sair às ruas e perguntar "O que é para si ser português?", as pessoas não responderão que lhes é indiferente  serem de qualquer outra nacionalidade, e afirmarão que são do país que descobriu o caminho marítimo para a Índia, que descobriu o Brasil, do país de Camões, Amália Rodrigues, José Saramago, Luís Figo ou Rui Costa...  mas, na realidade, não é isso que sentem. Actualmente não há razões que justifiquem o orgulho de ser português da mesma forma que não há razões que levem a preferir ser Inglês, Espanhol, Italiano ou Alemão. Na "aldeia global" que habitamos, ter orgulho de pertencer a uma nação não tem o mínimo cabimento.


Tags:

publicado por Afonso Miguel às 02:09 | link do post | comentar

3 comentários:
De Ana MAria Nunes a 4 de Novembro de 2009 às 05:00
OLá!

POr falar em falta de crucifixo nas escolas, perguntei a diretora da escola do meu filho, o pq n tinha um lá.
Ela disse que n poderia ofender a fé alheia.

Um budista, tá nem ai e expôe suas imagens, mas os frouxos catolicos tem vergonha.

Se n dia do halloween, tivessem feito algo na escola, eu ia dar um escândalo.

*********

Dá um jeito de facilitar a postagem no seu blogue, aff tem muita coisa pra preenchar!

abraço

Salve Maria!


De Josephvs a 4 de Novembro de 2009 às 14:54
:) O crucifixo is just the begining

A referência Cristã da bandeira caíra tb!



De Maria da Fonte a 6 de Novembro de 2009 às 00:59
Não! Isso nunca acontecerá!

A esfera Armilar de Dom João II, Os Sete Castelos, Os Cinco Escudetes Levantados com Cinco Besantes gravados no interior, nunca ninguém os poderá retirar da Bandeira de Portugal.

Quando a verdade for conhecida, Português algum o permitirá!

Pelo que esse texto patético, que circula pela net, é apenas mais uma tentativa desesperada, de impedir o inevitável!

O Reino de Portugraal é eterno!

Ainda que de momento, isto nos possa pareçer uma Utopia, recordo o que o Professor Agostinho da Silva dizia:

" Ser Português, é Sentir Portugal."

Maria da Fonte


 


Comentar post

escudo_ASC
facebook-button twitter-button
Posts recentes

!

comentários recentes
Afonso Miguel não desista! Muita força para contin...
Filhos de Ramires não desistem.
O que faz o Afonso Miguel aí? Faz o que fazem as t...
A propósito de "trendy"...http://www.youtube.com/w...
Reduzir a despesa do Estado - as famosas gorduras ...
As Missas ordinárias que passam na TV são bem o es...
Estas Missas televisionadas de Domingo são um autê...
Ora nem mais. Adivinhaste o meu pensamento. É exac...
E os fiéis em palhaços de circo... Pobre senhora.
Está a ser uma excelente leitura. Aguado o outro. ...
arquivos
Tags

aborto(1)

arquitectura(7)

bento xvi em portugal(19)

filosofia(23)

fsspx - roma(29)

geral(80)

história(69)

liturgia(165)

maçonaria(36)

monarquia(68)

música(13)

planeta dos macacos(44)

política(307)

religião(468)

todas as tags

blogs SAPO
RSS