Quinta-feira, 4 de Junho de 2009

Dizer que a homossexualidade pode ser tratada porque causa sofrimento social, e não porque se chegou à conclusão moral de que é uma perturbação qua atenta contra a natureza, é admitir que um dia, quando for anormal os homens gostarem de mulheres e vice-versa, estes possam pedir ao médico que os cure da sua heterossexualidade.



publicado por Afonso Miguel às 12:40 | link do post | comentar

9 comentários:
De Nina Owls a 4 de Junho de 2009 às 15:21
Excelente inversão ou trocadilho! Dá pra ter uma ideia das obscenidades mentais que rolam por aí, seja nas cabeças religiosas, seja no campo onde se fazem as leis...


De Afonso Miguel a 4 de Junho de 2009 às 15:42
Atendendo ao facto de entre as cabeças religiosas e o campo dos que fazem a lei me contentar apenas em ter miolos cristãos, tenho de lhe razão. As obscenidades que me passam pela tola são tão grandes que só podem significar um elevado sentido da moral. Quanto ao parlamento, lamento mas duvido que por lá haja o mesmo critério de avaliação católico, pelo que essas obscenidades não passarão, para grande parte dos deputados, de uma questão de opinião, quando não um disparate que atenta contra a livre decisão moral.

Cumprimentos.


De Nina Owls a 4 de Junho de 2009 às 15:48
que nesta tribuna se peque, ainda que contra a religião - seja católica ou outra(s) - e que vingue a verdade.


De Afonso Miguel a 4 de Junho de 2009 às 16:13
O que é a Verdade?


De Nina Owls a 4 de Junho de 2009 às 20:53
Em tempos, achei que a verdade era caso único. Uma verdade, várias versões da mesma...hoje em dia, acho que a verdade é o que somos, cada um de nós e as opções e acções que tomamos nesse processo complicadíssimo de ser. A nossa verdade somos nós, a verdade dos outros são eles.
Invoquei a verdade, porque a par da parangona TRIBUNA, quando se entra neste site, lê-se que "Só a verdade liberta". ;))


De Afonso Miguel a 4 de Junho de 2009 às 23:51
Se acha que a verdade é o que que cada um é no "processo complicadíssimo de ser", diga-me que verdade pode ser superior para limitar esse processo de modo a que não queria alguém realizar-se sendo carrasco de vossa excelência. Não existe? Pois bem, não existindo prepare-se para a possibilidade da lei o vir a permitir caso a força bruta do número democraticamente o decida. Será caso para dizer que o seu direito de viver e "ser" chocaria com o do outro. Qual prevalece e como se chega a essa conclusão se os dois seriam igualmente legítimos?

Por outro lado, quando diz que a Verdade é o que quisermos que seja, não admitindo um dogma sobre ela, está também a assumir uma relatividade absolutamente dogmática, que se auto-anula.

Resumindo: deixe a doxa, minha cara; se a verdade fosse a opinião de cada um, não existiam leis nem tribunais, nem ética ou moral penais. Não existia critério de julgamento. E por cá, já vamos tendo muito pouco...

Cumpts


De Afonso Miguel a 4 de Junho de 2009 às 23:54
Mais: não havia sequer comunidade, que não é mais nem menos que o conjunto dos que partilham os mesmo valores morais da Verdade que reconhecem. Outra coisa que vai existindo pouco.


De Nina Owls a 5 de Junho de 2009 às 08:04
Você tem razão, Afonso. Existe a verdade da igreja, a da moral e dos bons principios, a verdade da justiça; a verdade é um bolo de poder servido na mesa dos que passam a vida a violar as verdades alheias. Se a verdade fosse o que cada um de nós é, então o caos já teria feito correr sangue

Pergunta você: o que é a verdade?
Responde você e muito bem que a verdade não é o que é, nem a opinião que tem dela - verdade - mas antes a verdade dos outros. E fazemos escolhas dessas todos os dias.


De Pedro Terra Lopes a 5 de Junho de 2009 às 15:25
Muito bem observado caro Afonso Miguel! Um grande abraço!


Pedro Terra Lopes


Comentar post

escudo_ASC
facebook-button twitter-button
Posts recentes

!

comentários recentes
Afonso Miguel não desista! Muita força para contin...
Filhos de Ramires não desistem.
O que faz o Afonso Miguel aí? Faz o que fazem as t...
A propósito de "trendy"...http://www.youtube.com/w...
Reduzir a despesa do Estado - as famosas gorduras ...
As Missas ordinárias que passam na TV são bem o es...
Estas Missas televisionadas de Domingo são um autê...
Ora nem mais. Adivinhaste o meu pensamento. É exac...
E os fiéis em palhaços de circo... Pobre senhora.
Está a ser uma excelente leitura. Aguado o outro. ...
arquivos
Tags

aborto(1)

arquitectura(7)

bento xvi em portugal(19)

filosofia(23)

fsspx - roma(29)

geral(80)

história(69)

liturgia(165)

maçonaria(36)

monarquia(68)

música(13)

planeta dos macacos(44)

política(307)

religião(468)

todas as tags

blogs SAPO
RSS