Quarta-feira, 18 de Julho de 2012

Não me interessa nada do que venha da boca de D. Januário. Normalmente, é lixo. Muito menos se pode ou não falar do governo na qualidade de major. O que me interessa é que esse vigarista - não tem outro nome quem serve a dois senhores - não pode ser tido como "ortodoxo". É que José Adelino Maltez, que me habituei a ler com agrado, disparou uma valente argolada que não seria grave se fosse um comentário de café ou saísse da boca de um dos muitos energúmenos que pululam em programas de cacique. D. Januário é um dos piores produtos da maleita modernista que tomou conta do clero português, em profunda desunião com o Santo Padre e gritante divergência com a Doutrina Católica e as mais elementares matérias de fé! Já aqui o tenho denunciado, e não faltam na blogosfera nacional relatos, notas e comentários às parvoíces protestantes do prelado, que atestam que a ortodoxia está nos antípodas de qualquer atitude, palavra ou pensamento deste mini Schonborn luso.



publicado por Afonso Miguel às 23:53 | link do post | comentar

escudo_ASC
facebook-button twitter-button
Posts recentes

!

comentários recentes
Afonso Miguel não desista! Muita força para contin...
Filhos de Ramires não desistem.
O que faz o Afonso Miguel aí? Faz o que fazem as t...
A propósito de "trendy"...http://www.youtube.com/w...
Reduzir a despesa do Estado - as famosas gorduras ...
As Missas ordinárias que passam na TV são bem o es...
Estas Missas televisionadas de Domingo são um autê...
Ora nem mais. Adivinhaste o meu pensamento. É exac...
E os fiéis em palhaços de circo... Pobre senhora.
Está a ser uma excelente leitura. Aguado o outro. ...
arquivos
Tags

aborto(1)

arquitectura(7)

bento xvi em portugal(19)

filosofia(23)

fsspx - roma(29)

geral(80)

história(69)

liturgia(165)

maçonaria(36)

monarquia(68)

música(13)

planeta dos macacos(44)

política(307)

religião(468)

todas as tags

blogs SAPO
RSS