Sábado, 31 de Março de 2012

A catedral de Madrid, terminada nos anos noventa e dedicada por João Paulo II, é uma mescla de estilos: fachada neoclássica e interior neogótico com vitrais de inspiração abstracta, pinturas de Kiko Argüello, talhas e peças de gosto duvidoso aqui e ali. Um conjunto que até acaba por ser interessante, sobretudo quando comparado com algumas aberrações que constituem a "arquitectura católica" moderna. Mas há um aspecto que me perturbou bastante quando a visitei pela última vez e que, até então, me tinha passado despercebido. Chamem-me picuinhas ou paranóico, mas é um pouco - como hei-de dizer? - esquisito ver simbologia satânica repetida numa série de capelas laterais de uma igreja. E nos dias que correm, e de tão explícito que é, arrepia...

 



publicado por Afonso Miguel às 14:33 | link do post | comentar

escudo_ASC
facebook-button twitter-button
Posts recentes

!

comentários recentes
Afonso Miguel não desista! Muita força para contin...
Filhos de Ramires não desistem.
O que faz o Afonso Miguel aí? Faz o que fazem as t...
A propósito de "trendy"...http://www.youtube.com/w...
Reduzir a despesa do Estado - as famosas gorduras ...
As Missas ordinárias que passam na TV são bem o es...
Estas Missas televisionadas de Domingo são um autê...
Ora nem mais. Adivinhaste o meu pensamento. É exac...
E os fiéis em palhaços de circo... Pobre senhora.
Está a ser uma excelente leitura. Aguado o outro. ...
arquivos
Tags

aborto(1)

arquitectura(7)

bento xvi em portugal(19)

filosofia(23)

fsspx - roma(29)

geral(80)

história(69)

liturgia(165)

maçonaria(36)

monarquia(68)

música(13)

planeta dos macacos(44)

política(307)

religião(468)

todas as tags

blogs SAPO
RSS