Domingo, 28 de Novembro de 2010

Não deixa de ser curioso que nos tenham martelado a cabeça com a suposta imprudência de gostar deste Papa, e que aplaudam agora a mesmíssima imprudência com que alguns, em menos de três tempos, o mandam para o quinto dos infernos. Se houve objectivos com mais esta palhaçada mediática à volta do preservativo e envolvendo o Santo Padre, o primeiro foi baralhar os fiéis e induzi-los em erro. O segundo foi certamente tentar retirar algum do apoio tradicionalista a Bento XVI. E quer um, quer outro, foram parcialmente alcançados, não tanto por culpa da imprudência de Ratzinger mas porque, desconfio, havia quem estivesse mortinho por isto. Talvez por isso mesmo a Tradição nunca tenha crescido em Portugal.


Tags:

publicado por Afonso Miguel às 20:16 | link do post | comentar

3 comentários:
De JSarto a 29 de Novembro de 2010 às 00:53

Caro amigo, compreendo perfeitamente que aqueles que há quase dois anos saíram em defesa pública do Papa, após os ataques que este sofreu na sequência das declarações que proferiu no avião que o levava para África, se tenham agora sentido como que apunhalados pelas costas, ainda que as palavras do Santo Padre não tenham nem a dimensão, nem o alcance que o mundo lhes pretendeu dar. E creio que o mesmo sentimento é extensível a todos os católicos que até agora, num plano teórico e prático, tentaram conformar tanto quanto possível, porventura até com custo e sacrifício, todos os planos da sua vivência quotidiana com o magistério constante da Igreja sobre o tema. Por isso, concordo a cem por cento com o teor do comunicado da FSSPX da Alemanha: preciso e rigoroso. E, enfim, percebo uma certa desistência, que contudo muito me entristece que haja sucedido.


 Dito isto, concordo com o diagnóstico que fazes, e admito que eu próprio caí parcialmente na esparrela  que descreves, ao exceder-me no tom de dureza que utilizei em dois comentários que deixei num blogue ora encerrado pela sua autora.


Sem prejuízo, tenho alguma dificuldade em perceber o que queres dizer, quando te referes à falta de crescimento da tradição em Portugal com respeito a este tema em concreto. Sem te alongares, se puderes e quiseres, poderias ser um pouco mais explícito?



De Afonso Miguel a 2 de Dezembro de 2010 às 00:29
Estimado amigo,

Não vejo como alguém se possa sentir "apunhalado" pelas costas. Se alguém tenta apunhalar os fiéis que saíram sempre em defesa do Santo Padre e cumprem na sua vida as exigências morais da Fé, é a imprensa e os interesses que servem. A tradução da conversa com Bento XVI está propositadamente mal feita e os objectivos deste caso mediático foram claríssimos: enganar os fiéis e tentar desfazer o apoio tradicionalista a este Papa.

Compreendo e comungo de algum do descontentamento em relação à imprudência das declarações. Não que elas, bem analisadas, sejam contrárias à Doutrina. Não o são, de facto, e não adianta atirar areia para os olhos. Mas o Santo Padre devia ter tido em conta que o tema deve ser tratado com mais "rigor" perante uma opinião pública e meios de comunicação social completamente analfabetos nestas matérias. Contudo, tudo me parece exagerado, extremado, como se muita gente estivesse intimamente desejosa de uma situação destas para revelar um sedevacantismo reprimido.

Ora, com pessoas assim não é possível fazer crescer a tradição em Portugal. E se queres saber, a este propósito, ainda bem que certo blog encerrou e que a autora se afastou para se dedicar a "coisas mais importantes".

Um forte abraço.


De JSarto a 2 de Dezembro de 2010 às 10:19
Caro amigo, anoto e registo a tua resposta. No essencial, como já havia dito, concordo contigo, mas perdoa-me insistir que também entendo alguma desilusão manifestada por certos fiéis. As subtilezas da teologia moral não podem ser tratadas da forma que o foram e o Santo Padre, melhor que ninguém, deveria saber isso. Sem prejuízo, este caso está para mim encerrado e uma vez mais penitencio-me publicamente de algum excesso de linguagem que, a quente, o mesmo me possa ter provocado.


Comentar post

escudo_ASC
facebook-button twitter-button
Posts recentes

!

comentários recentes
Afonso Miguel não desista! Muita força para contin...
Filhos de Ramires não desistem.
O que faz o Afonso Miguel aí? Faz o que fazem as t...
A propósito de "trendy"...http://www.youtube.com/w...
Reduzir a despesa do Estado - as famosas gorduras ...
As Missas ordinárias que passam na TV são bem o es...
Estas Missas televisionadas de Domingo são um autê...
Ora nem mais. Adivinhaste o meu pensamento. É exac...
E os fiéis em palhaços de circo... Pobre senhora.
Está a ser uma excelente leitura. Aguado o outro. ...
arquivos
Tags

aborto(1)

arquitectura(7)

bento xvi em portugal(19)

filosofia(23)

fsspx - roma(29)

geral(80)

história(69)

liturgia(165)

maçonaria(36)

monarquia(68)

música(13)

planeta dos macacos(44)

política(307)

religião(468)

todas as tags

blogs SAPO
RSS